Alceu Valença vira porta-voz da música pernambucana no pré-Carnaval de SP

Alceu Valença arrastou foliões para a região do parque Ibirapuera, em São Paulo, neste sábado (18). Após o desfile do bloco Os Capoeira, que contou com as atrizes Marisa Orth e Mel Lisboa, o cantor pernambucano trouxe a música do estado para a capital paulista. Segundo a Polícia Militar, cerca de 50 mil pessoas acompanharam a folia.



Eram 12h40 quando Alceu Valença subiu no trio-elétrico, ovacionado pelas pessoas. Como um porta-voz, da música pernambucana no Carnaval de São Paulo, o cantor fez exatamente como seu público esperava: cantou frevos, maracatu e embolada, tão comuns ao seu repertório durante as festas no Recife. 

No terceiro ano do Bicho Maluco Beleza, o bloco reuniu centenas de pessoas, muitos deles usando sobrinhas de frevo e vestindo a camisa com a bandeira de Pernambuco. 

Alceu abriu a apresentação cantando a música que dá título ao bloco. Depois emendou com frevos tradicionais, como “Tropicana” e “Bom Demais”. 

O desfile seguiu pela avenida Pedro Álvares Cabral, até o Monumento às Bandeiras. Alceu Valença cantou acompanhado de sua banda, com naipe de metais e 20 integrantes. 

Festa nordestina 

Gente de todas as idades, algumas até fantasiadas, foram acompanhar as apresentações que, para eles, era um pouco da festa nordestina em São Paulo. O casal Jardel Ferreira e Stefany Souza levou a afilhada Thayre, de quatro anos, para curtir seu primeiro Carnaval. 

“Eu vi no jornal, e decidi trazer ela para se divertir. Ela está gostando”, disse Stefany. Nascida no Ceará, mas mora do em São Paulo, a moça também aproveitou o evento para matar um pouco da saudade da terra natal, segundo ela. “Cresci vendo minha família ouvir Alceu Valença, e vim vê-lo hoje.” 

Foi essa conexão de Alceu com a música do Nordeste que fez a estudante Mayara Souza decidir ir, mesmo sozinha, ver o desfile do bloco Bicho Maluco Beleza, puxado pelo cantor pernambucano. 

“Sou filha de pernambucanos e acho Alceu um monstro do Carnaval de lá. Esse é o terceiro ano que venho para o bloco, que pra mim é um pedacinho do Carnaval do Recife aqui”, afirma Mayara. “Quero ouvir ele cantar ‘Voltei, Recife’ e ‘Morena Tropicana’.”




Deixe seu Comentários: